Tour de Santa Catarina

20, DE ABR

Com muitas montanhas, competição volta a ser disputada após dois anos e vai até domingo, 24

imagem_release_639350 imagem_release_639357

Após dois anos de ausência do calendário da Confederação Brasileira, o Tour de Santa Catarina volta a ser disputado em sua 25ª edição. Com diversos trechos de montanha, o campeonato começa a ser disputado em Itá e a chegada, no dia 24, será em Bom Jardim da Serra. Ao todo, 85 ciclistas participam da competição.

A primeira etapa liga Itá a Campos Novos, com 183 km de distância entre as cidades. É a corrida mais longa do Tour. Depois, na quinta-feira, 21, os ciclistas saem de Campos Novo e vão a Lages, pedalando 130 km.

Na terceira etapa, a largada está marcada para Lages e a chegada em Urubici, após 150 km de pedal. No sábado, penúltima prova, os ciclistas saem de Uribici com destino ao Mirante da Serra do Rio do Rastro após percorrer 83 km e, por fim, no domingo, vão de Nova Veneza a Bom Jardim da Serra, num trajeto de 90 km.

 

Na primeira etapa, Jeovane Oliveira terminou na terceira colocação

13051629_1041937962559123_9104525330480371819_n

 

O ciclista Jeovane Oliveira, da Equipe de Ciclismo de Ribeirão Preto (São Francisco Saúde / Powerade / SME) é o líder de Montanha no Tour de Santa Catarina. Ele assumiu esse posto após a etapa desta quarta-feira, 20, da qual terminou na terceira colocação. A primeira prova da competição teve um percurso de 183 km entre Itá e Campos Novos e foi vencida pelo colombiano Ramiro Rincón, de Guarulhos.

Segundo o técnico Marcelo Donnabella, o forte calor desgastou muito todos os atletas. “Estava muito quente. Foi uma etapa muito dura, assim como as outras serão. Foi importante esse resultado do Jeovane, para já começarmos a competição na liderança de montanha e no top 3 da geral. Ele saiu em uma fuga e conseguiu se manter nela até o fim. Agora, vamos trabalhar firme para continuar entre os melhores”, disse.

Ribeirão Preto ainda teve a chance de chegar com mais atletas entre os primeiros colocados. Porém, restando 17 km para o fim da prova, Alan Maniezzo, que estava em um pequeno pelotão logo atrás da fuga, se envolveu em uma queda com outros ciclistas e ficou para trás. Ele não se machucou, terminou a prova na 12ª posição, a 1min36seg do líder, e está confirmado para a sequência da competição.

Nesta quinta-feira, 21, o Tour continua. A segunda etapa tem largada prevista para as 9h em Campos Novos e os atleta percorrerão 130,56 km até a chegada em Lages.

Texto: Martinez Comunicação

Fotos: Luis Cláudio Antunes / Bike 76 / CBC/ Divulgação

 

Voltar ao topo