Teste comparativo mostra que Boost 01 é o capacete mais aerodinâmico em testes de túnel de vento.

14, DE NOV

A esses dias, direto da Alemanha, recebemos uma notícia de um brilhante resultado em um teste comparativo de capacetes aeros realizado pela revista Pro Cycling. Se tratava do Boost 01, que acabava que vencer o comparativo nos tuneis de vento.

 

Segue abaixo uma breve tradução da matéria publicada pela revista:

 

– Neste teste os 6 capacetes foram submetidos as seguintes medições:

 

  1. fluxo de ar frontal (0 graus)
  2. fluxo de ar lateral (10 graus)

 

Velocidade do vento: 45 km/h

 

 – Capacete referência:

Abus Aventor: 390,4 – +3,1 (Precisa de 390,4 watts para os 45 km/h e 3,1 watt adicional para o fluxo de ar lateral)

 

Competidores:

 

Abus Game Changer

Casco Speedairo

Rudy Project Boost 01

Scott Cadence Plus Mips

Specialized S-Works Evade

 

– Resultados:

Abus Game Changer: 383,6 (-6,8 em relação ao capacete referência) +4,1

Casco Speedairo: 385,0 (-5,4 em relação ao capacete referência) +6,4

Rudy Project Boost 01: 382,2 (-8,2 em relação ao capacete referência) +6,1

Scott Cadence Plus Mips: 387,2 (-3,2 em relação ao capacete referência) +4,6

Specialized S-Works Evade: 383,3 (-7,1 em relação ao capacete referência) +5,8

 

O vencedor:

Precisando de apenas de 382,2 watts para enfrentar os 45 km/h, o Boost 01 da Rudy Project é o vencedor. Com formas incomuns, o capacete alcançou o melhor resultado no túnel do vento, precisando do menor esforço para enfrentar o fluxo de ar frontal.

O teste também apresenta que o visor flip-up do Boost 01 pode ajudar a obter um resultado melhor. Também foi escrito que a tampa de ventilação ajuda a uma aerodinâmica melhor, porém afeta sua ventilação.

 

Confira a matéria oficial da revista:

Aerohelm_PC_11_17 (1)

Voltar ao topo